União e encontro entre o rural e o urbano - Unbox
União e encontro entre o rural e o urbano

Publicado em: 27/05/2022

União e encontro entre o rural e o urbano

A produção agrícola do campo e da cidade se complementam, reduzindo o desperdício que ocorre no transporte e aumentando a variedade e a qualidade do prato do consumidor urbano 

Por Cesar Moreira*

Poderia discorrer muitas linhas sobre os benefícios das hortas urbanas, mas prefiro usar este espaço para levantar um tema que intriga muita gente. Será que as hortas urbanas tiram o trabalho dos agricultores rurais? Será que elas competem com eles?

Ao analisar de perto o trabalho da maioria das hortas urbanas, daquelas tradicionais, do cultivo no solo e mão na enxada, percebo que acontece justamente o contrário. Esse modelo traz no sangue a cultura da agricultura familiar, na qual o princípio que (n)os rege é o da cooperação, do trabalho suado e amor à terra que tanto devemos valorizar.

É nessa parte que entra o encontro: as hortas urbanas que agem dessa forma conscientizam as pessoas e as fazem perceber o valor desse trabalho. As fazem perceber que há algo errado quando se paga R$ 0,99 por um quilo de batatas que demoram quatro meses para serem colhidas; ou quando se vê o desperdício de alimentos em qualquer esfera, resultando em tanto trabalho jogado fora.

As hortas urbanas são uma excelente maneira de proporcionar o encontro das pessoas com o rural, aproximá-las dessa realidade muitas vezes distante da vida corrida no meio urbano, que leva as crianças a pensarem que o milho vem da lata, não da terra.

E a união? Esse talvez seja um dos mais importantes benefícios das hortas urbanas – e que pode solucionar um dos maiores problemas de desperdício de alimentos no mundo: o transporte. E partimos do seguinte princípio: o que é mais perecível vem de perto, o que é mais resistente e menos perecível pode vir de mais longe.

Em primeiro lugar, as hortas urbanas precisam compor o seu mix de produtos de forma a viabilizar que o consumidor abra mão das grandes redes para comprar alimentos. Em segundo lugar, as hortas urbanas (devido à condição intrínseca de propriedades de pequeno porte) acabam não tendo condições de produzir itens que demoram mais tempo para serem cultivados. 

É desses dois fatores somados que surge a união. Uma união quase que espontânea, que tanto beneficia (ou poderia beneficiar) o rural. 

rural, urbano, benefício, horta urbana

Urban Farm / divulgação

As hortas urbanas são – ou podem ser – importantes entrepostos para os pequenos agricultores rurais, locais que compartilham dos mesmos princípios e que valorizam o trabalho na terra. Assim, pode haver uma relação justa e valorosa dos produtos e a certeza de que os alimentos chegarão de forma justa ao consumidor.

Há de se pensar quão benéfica pode ser essa relação; quanto o produtor urbano e rural podem se ajudar e cooperar de maneira que todos na cadeia se beneficiem e que as perdas e desperdícios sejam minimizados. 

De uma coisa temos certeza: com as perspectivas de aumento da população mundial, nunca faltará trabalho para quem planta. Mas, agora, o que falta é comida.

*Cesar Moreira é responsável pela Urban Farm, uma fazenda urbana de alimentos sem agrotóxicos e adubos químicos, localizada na zona Sul da capital paulista

Leia também:

Um delírio que vale a pena

Unbox em: Mirem-se no exemplo daquelas cidades latinas

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin

Assine a Unbox News